Major Olimpio questiona Ministro da Defesa.

No dia 3 de setembro, foi publicado o decreto 8515, que transferia competências dos comandantes militares (assinar atos relativos ao pessoal, como transferência para reserva, reforma de oficiais da ativa e até mesmo nomeação de capelães) para o Ministro da Defesa.

A tramitação e até a assinatura do decreto (permeadas de irregularidades) causaram polêmicas e foram alvos de muitas críticas.

O deputado Major Olimpio fez requerimento pedindo o comparecimento do Ministro da Defesa à Câmara dos Deputados dia 30 de Setembro para explicar ao Brasil o decreto ofensivo às Forças Armadas.

Major Olimpio considerou o decreto uma desconsideração e achincalhe e que, além de inconstitucional e ilegal, busca enfraquecer comando
das forças armadas.

Além do Decreto, Olimpio questionou a nomeação do segundo-tenente casado com a ex-Ministra Ideli Salvatti, e quis saber se ele realmente tem a qualificação
exigida para exercer o cargo de ajudante da Subsecretaria de Serviços Administrativos e de Conferências na Junta Interamericana de defesa em Washington (salário de U$7,4 mil – cerca de trinta mil reais).

Acompanhe
os vídeos da Audiência Pública:

Major Olimpio cobra Ministro da Defesa: Respeito com as Forças Armadas

https://www.youtube.com/watch?t=2&v=sp3wzcyxQE4

Assistam aqui a resposta do Ministro Jaques
Wagner ao questionamento feito pelo Major Olimpio, que pediu respeito às Forças
Armadas.

https://www.youtube.com/watch?v=06kg0fBADDc