Revista Veja destaca opinião de Major Olimpio sobre PM baleada em Campinas

PM luta com ladrão e é baleada duas vezes; veja vídeo

Cabo Niciole, de 36 anos, foi surpreendida por dois homens em uma moto durante uma tentativa de assalto em Campinas

Uma policial militar de 36 anos foi baleada duas vezes por um ladrão na região de Campinas, na noite de terça-feira (15). A cabo foi levada para o Hospital Mário Gatti e obteve alta na manhã desta quinta-feira (17).

Niciole, do 47º Batalhão da Polícia Militar, saía do trabalho em trajes comuns em seu carro Hyundai HB20 branco pela Avenida Governador Pedro de Toledo, quando dois homens em uma moto preta anunciaram o assalto. Ela reagiu, lutou com um deles e acabou levando dois tiros nas pernas. A PM também baleou um dos criminosos. A dupla conseguiu fugir e ninguém foi preso até o momento.

As imagens abaixo mostram o instante em que ela tenta se desvencilhar do ladrão e leva o primeiro disparo. Em seguida, ambos caem no chão e o homem toma a arma de Niciole. Ele atira pela segunda vez. Arrastando pelo chão e, depois, se levantando com dificuldades, a PM tenta pedir ajuda para um carro preto que passava pela avenida, mas ele não freia para socorrê-la.

“Um dos tiros atingiu a virilha dela e a preocupação maior era de que tivesse perfurado alguma artéria”, diz o deputado Major Olímpio (PSL), que foi comunicado do ocorrido pela equipe de policiais e transmitiu apoio à cabo. “Se os marginais estão fazendo isso com quem é policial, imagina com o cidadão”. O caso se assemelha ao ocorrido em Suzano, na Grande São Paulo, quando a cabo Kátia Sastre, de folga, reagiu a um assalto na porta da escola infantil onde a filha estudava e o assaltante acabou morto.

PM luta com ladrão e é baleada duas vezes; veja vídeo