fonte: Jornal Agora

Defeitos de fabricação nas armas, principalmente as pistolas de calibre ponto 40, vêm colocando em risco a vida dos policiais militares e civis do Estado de SP.

A situação ficou ainda mais evidente após o delegado José Antônio do Nascimento, então titular do 90º DP (Parque Novo Mundo), ser morto num assalto em São Caetano do Sul (ABC).

 

“Por isso queremos rever a lei do desarmamento, para dar condições aos governos estaduais de importar armamento e fugir do monopólio imposto pelas Forças Armadas.” – Major Olímpio.

 

Leia Mais