G1 destaca convite de Major Olimpio para que PM que baleou criminoso em Suzano, entre na política

Major Olimpio convida policial que matou bandido em frente a escola de SP para ser candidata pelo PSL


Por Matheus Leitão

 

O deputado federal Major Olimpio, presidente do PSL em São Paulo, fez um convite à “mãe Policial Militar”, cabo Katia da Silva Sastre, de 42 anos, para ser candidata a deputada pelo partido.

Sastre ficou conhecida nacionalmente por ter matado um ladrão, protegendo crianças e mães em frente a uma escola, em Suzano, no interior do Estado, durante uma tentativa de assalto. O vídeo da ação viralizou na internet.

“Faltava uma mulher na bancada da bala, e, agora, a ‘Kate Mahoney brasileira’ sem dúvida será um fenômeno eleitoral. Sua garra e gesto de bravura são exemplos para todo o Brasil”, afirma Major Olímpio.

Segundo o parlamentar, Sastre ficou de avaliar a candidatura, que poderá ser para deputado estadual ou federal.

Militares da ativa não podem ser filiados a partidos, mas se decidirem se candidatar a um cargo basta que estejam inscritos como eleitores e tenham o nome escolhido até a convenção antes das eleições.

A jurisprudência poderá ser usada por outros militares da ativa na eleição de 2018 devido ao posto de primeiro colocado nas pesquisas para presidente da República do deputado Jair Bolsonaro, também do PSL.

Na avaliação do Major Olimpio, ela poderia exercer um papel relevante em busca dos direitos da sociedade e a categoria da segurança pública.